Entrevista com o franqueado: Wilson Pedroza

17 de janeiro de 2020 às 15:10

Wilson Pedroza é um dos nossos mais novos franqueados. Com várias especializações na área empresarial, ele é formado em direito e atua diretamente com as empresas do Simples Nacional. Em entrevista para o nosso blog, ele contou como conheceu a Dr. Fiscal e como vai funcionar a parceria com a marca.

Confira:

Me conta um pouquinho das suas experiências, da sua formação.

“Eu sou formado em direito e fiz várias especializações na área empresarial: direito econômico, gestão. Na minha experiência, trabalhei muito com sindicatos, mas o setor em que mais atuo é o de sistemas eletrônicos de segurança e de vigilância. Eu atuei primeiro como participante do sindicato das empresas e depois eu me especializei como advogado em consultoria jurídica para esse segmento.”

Como você conheceu a Dr. Fiscal?

“Antes, eu fiz todo o processo no Tax Group [outra empresa do GFBR]; toda a formação. Mas como na época eu estava com um projeto relacionado ao sindicato em meu escritório, por questão de foco, eu adiei um pouco [a decisão] para conseguir reorganizar a estrutura do escritório, pois essa questão de cultura leva tempo. Então agora eu retomo, até com muito mais propriedade, porque eu expandi meu relacionamento com esse segmento das empresas inscritas no Simples Nacional. Então agora caiu, bem na hora, a Dr. Fiscal.”

E como se deu o processo de decisão de se tornar um franqueado?

“[A decisão] Já estava bastante madura. Quando eu tive toda a experiência do Tax, faltaram detalhes. Quando eu retomei agora com a Dr. Fiscal, foi muito rápido porque, na época inclusive, o trabalho do Tax era —  e ainda é — voltado para as empresas do Lucro Real e Lucro Presumido. Não tinha nenhuma proposta para empresas do Simples Nacional, que é onde é meu nicho, onde eu consigo transitar e tenho minha maior experiência. E isso, também na época, fez com que eu, de repente, pensasse em não mudar minha estrutura para atender empresas do Real quando o meu trabalho e relacionamento são voltados para o Simples Nacional. Então, agora, ‘casou legal para caramba’, porque é um produto exclusivo para as empresas do Simples Nacional e que estão no Lucro Presumido.”

E o que você considera ser o ponto de destaque da Dr. Fiscal?

“O ponto de destaque, eu imagino, é a questão de usar da inteligência, hoje nós estamos vivendo na Era Digital; você usar de ferramentas digitais e inteligência artificial para fazer esse cruzamento de uma informação que é humanamente impossível.  E assim você vai fazendo esse paralelo das atividades fiscais das empresas. Essa eu acho que é a grande vantagem da Dr. Fiscal: a capacidade técnica de processar informações em um curto prazo de tempo e dá um resultado excelente para as empresas do Simples Nacional.”

Quais são as suas estratégias para levar a Dr. Fiscal até os clientes?

“Eu peguei a franquia do Paraná e Santa Catarina, então a minha estratégia é usar primeiro de ferramentas de informação, mesmo porque eu acredito que o empresário que está informado vai valorizar mais a ferramenta da Dr. Fiscal. Então o primeiro passo é informar, informando ele vai sentir e vai agir. Sem informação a pessoa não sente e não vai agir. Então a minha estratégia é provocar uma comunicação, uma informação, bem focada em um nicho de segmentos dos relacionamentos que eu tenho para poder despertar. Muitas vezes o empresário, na correria do dia a dia, não é sensibilizado, ele sabe que tem um problema mas não sabe qual é a solução, são raros os que estão com problemas e correndo atrás da solução. Então a gente vai trabalhar nessa estratégia em caráter de informação muito forte para tentar despertar, alertar, conscientizar o empresário de que ele pode aumentar sua competitividade e o seu posicionamento de mercado economizando na sua atividade fiscal. Isso vai potencializar ele, vai posicionar ele e vai fazer com que ele consiga competir no mercado. Essa vai ser a nossa estratégia no mercado.”

E quais são as suas expectativas em relação a essa parceria?

“As expectativas são, de 1 a 10, um 10 com estrelinha. Sabe quando você tirava um 10 na escola e a professora dizia que só podia dar 10, mas que seria com estrelinha? Essa é nota da expectativa que eu tenho com a Dr. Fiscal.”

compartilhe
Escrito por
Thiago Vargas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form.