Entrevista com a franqueada: Alana Borges

24 de janeiro de 2020 às 14:01

Alana Putinato Borges é uma das mais novas franqueada Dr. Fiscal. Graduada em Administração, ela possui uma forte experiência na área de tecnologia, campo em que atuou por mais de vinte anos, ocupando a posição de diretora comercial em uma multinacional francesa do ramo, e também realizando diversas especializações.

Confira:

Poderias contar um pouco sobre as tuas experiências?

“Meu nome é Alana e eu sou de São Paulo. Estou iniciando no negócio agora, com relação à parte de fiscalização, com vocês da Dr. Fiscal. Tenho uma empresa já há alguns anos aberta, mas não atuava nesse segmento. Trabalho na área comercial há 20 anos, mas sempre foi para a área de tecnologia, vendendo serviços e soluções para essa área, em São Paulo mesmo, e atendia alguns outros estados com esse tipo de serviço. 

Estava trabalhando em uma grande multinacional, uma empresa francesa de inovação tecnológica e, atualmente, resolvi empreender, montando meu próprio negócio. Então eu busquei a parceria com vocês, para ter uma franquia fazendo mais a parte comercial — que é o que eu sempre fiz e o que eu sei fazer. Afinal, minha formação é em Administração e Comunicação, na área de Marketing, e tenho também uma pós em Comunicação de Negócios.”

Sobre o processo de encontrar a Dr. Fiscal, como foi o primeiro contato?

“Eu comecei a fazer uma pesquisa sobre quais tipos de franquias existiam no mercado. Busquei empresas que tinham serviços atrelados à tecnologia, que tinham algum software, hardware ou sistema que pudesse me apoiar, no sentido de fomentar uma venda. Eu também queria um produto que tivesse um propósito. E eu encontrei isso, esse mix, aqui.

Cheguei até a pesquisar outras empresas que tenham o mesmo viés, mas tomei a decisão pela Dr. Fiscal. Eu vi o que ela entregava: um propósito, que é ajudar os pequenos empresários a recuperar aquilo que eles contribuíram de maneira inadequada; uma ferramenta, que ajuda a fazer todas essas correlações e descobrir onde está o recolhimento indevido, ou seja, tem tecnologia; e seriedade, no que ela faz, como ela trata as relações comerciais.

Eu consegui encontrar esses três itens, esses três pilares, dentro da Dr. Fiscal em meio a tudo que eu pesquisei no mercado. Por isso eu fechei parceria com vocês.”

E sobre a decisão, o que foi essencial para escolher a Dr. Fiscal?

“A seriedade dos profissionais com quem eu falei, o nível de respostas que eu recebia, a agilidade com que eu recebi as propostas,o tempo que vocês têm no mercado e o fato de não achar nada que fosse contra a imagens de vocês — nada na internet que fosse reclamação ou insatisfação de outros franqueados ou clientes a respeito. 

Mas o ponto crucial foi a agilidade na resposta, a facilidade que eu tive de comunicação para o início do projeto.”

Qual você considera ter sido o diferencial da franquia?

“Primeiramente o que me chamou atenção na franquia foi o propósito; o que ela se propõe a fazer. Acho que foi um ponto forte e bom para que eu tomasse a decisão de fazer a parceria com vocês, acredito que é um produto que traz essa questão de ajuda a um pequeno empresário, que sofre bastante com a quantidade de tributos. 

Também a comunicação que eu tive com vocês. Pra mim é um diferencial você ter um bom produto atrelado com uma resposta rápida. Há um interesse em fazer o serviço acontecer, se não é mais uma pessoa que está entrando na companhia. 

Na minha entrada, a comunicação que vocês tiveram, o contato, as respostas, o tempo de resposta, todo o material enviado, a clareza com que vêm as informações, tudo aquilo que não tá claro e a resposta para isso. Acho que as duas coisas que vocês têm como diferencial são o produto bom e a comunicação.”

Quais as suas expectativas com a parceria?

“A expectativa é expandir. Eu sei que vocês já tem alguns franqueados em São Paulo e, pelo o que eu entendi, eles são de escritórios de contabilidade e advocacia. Eu venho totalmente de fora desse universo, não tenho nenhum vínculo nessa área; venho com uma pegada comercial. 

A minha expectativa é, em pouquíssimo tempo, ter uma equipe muito bem certificada e trabalhar para aumentar a penetração que vocês têm em São Paulo. São Paulo é uma capital que tem quase 3 milhões de empresas dentro do Simples Nacional, que é a área que eu vou atuar. E, mesmo se eu pegar apenas 10% disso, eu ainda não teria capacidade, sozinha, para atuar. 

Então se eu fizer um bom mapeamento, se eu conseguir trabalhar esses números, fazer um funil de conversão muito bom, eu acho que a terei uma largada muito boa.

 A minha expectativa é fazer agora tudo que aprendi no treinamento se tornar em faturamento. Essa é a ambição. Eu acho que vai dar certo, é um bom produto; é só ter uma boa técnica na venda, e eu acho que consigo.”

compartilhe
Escrito por
Thiago Vargas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form.
$("form.mailster-form.mailster-form-submit.mailster-ajax-form.mailster-form-4 select#mailster-assunto-select-4").change(function(){ var select = $(this).children("option:selected").val(); $('form.mailster-form.mailster-form-submit.mailster-ajax-form.mailster-form-4').attr('name', select); });