Isenção de IR também é válida para assintomáticos de Aids

14 de abril de 2021 às 17:55

Pacientes portadores do vírus HIV que não apresentam sintomas da Síndrome da Imunodeficiência Adquirida possuem o direito à isenção do IR (Imposto de Renda). A decisão foi tomada pela Turma Regional de Uniformização (TRU) dos Juizados Especiais Federais (JEFs) da 4ª Região. 

A conclusão do órgão atende à solicitação de um pedido de uniformização de jurisprudência de um portador da Aids. O senhor de 63 anos deu início à ação na 5ª Turma Recursal do Rio Grande do Sul para solicitar a isenção do Imposto de Renda de Pessoa Física cobrado sobre sua aposentadoria. 

Anteriormente, a 1ª Turma Recursal do Paraná havia decidido que os portadores de Aids teriam direito à isenção do IR, independentemente de serem sintomáticos ou não. O entendimento foi tomado com base no fato de o Superior Tribunal de Justiça (STJ) não exigir a comprovação da contemporaneidade da síndrome.

Entretanto, a justiça gaúcha havia manifestado entendimento diferente, permitindo o benefício de isenção apenas àqueles que apresentam sintomas.

O que é a isenção do Imposto de Renda e quem tem direito?

A isenção do IR é garantida em situações de doenças graves, e está prevista no inciso XIV do artigo 6º da Lei nº 7.713/88. O direito é assegurado a todos os contribuintes que tenham o diagnóstico e recebam aposentadoria, pensão ou reforma (militar). Entretanto, é comum observar aposentados que possuem enfermidades e seguem obtendo descontos do tributo nos rendimentos. 

Para Eduardo Tisatto, consultor tributário da Dr. Fiscal, a decisão do TRF-4 demonstra como ainda há entendimentos divergentes sobre o assunto no Brasil, o que faz com que seja aconselhado o acompanhamento de um especialista para o ingresso do pedido — a fim de evitar a necessidade de um processo judicial.

Para poder obter a isenção, é necessário cumprir os dois requisitos previamente apresentados: ter o diagnóstico de alguma das doenças graves contidas na lei (existe um rol de 17 enfermidades) e receber aposentadoria, pensão ou reforma (militar). É possível realizar a comprovação por meio de exames médicos, laudos e atestados. 

A Dr. Fiscal pode ajudar com a Recuperação de Créditos Tributários de Pessoa Física, um serviço realizado na esfera administrativa voltado especialmente a quem possui rendimentos recebidos a título de aposentadoria, pensão ou reforma. Nele, além de solicitar as isenções presentes e futuras, o aposentado tem a possibilidade de pedir a restituição dos valores pagos nos últimos cinco anos.

Quer saber mais sobre como funciona esse serviço? Entre em contato conosco!

compartilhe
Thiago Vargas
Escrito por
Thiago Vargas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form.
$("form.mailster-form.mailster-form-submit.mailster-ajax-form.mailster-form-4 select#mailster-assunto-select-4").change(function(){ var select = $(this).children("option:selected").val(); $('form.mailster-form.mailster-form-submit.mailster-ajax-form.mailster-form-4').attr('name', select); });