Segmentos que mais se beneficiaram do e-commerce em 2019

23 de janeiro de 2020 às 13:04

Na terça-feira, trouxemos as informações da pesquisa Webshoppers 2019, com dados sobre o panorama geral do e-commerce no país. Hoje, apresentaremos quais segmentos mais se beneficiaram do setor durante o ano passado.

Começando pelos dados de importância em número de pedidos, os segmentos de Moda e Acessórios e Perfumaria, Cosméticos e Saúde saem na frente, representando cerca de 18% do total de vendas cada um. Após os dois segmentos, Alimentos e Bebidas foi responsável por 3% dos pedidos no primeiro semestre de 2019. Petshops, Acessórios Automotivos e Brinquedos e Games vêm logo em seguida, com cada um tendo 2% das vendas apuradas no período. Por último, Joias e Relógios e Móveis para escritório com 1% cada.

Esses foram os 8 principais segmentos que marcaram as vendas online no período analisado pela pesquisa.

Indicando uma tendência de compras, os dados de variação do número de pedidos mostram quanto cada um dos segmentos aumentou suas vendas em relação ao mesmo período do ano anterior. Sobre esse ponto de vista, Petshop é quem mais se destaca, com um crescimento de 144%. Confira o restante da lista:

  • Alimentos e Bebidas: 82%
  • Jóias e Relógios: 49%
  • Moda e Acessórios: 48%
  • Acessórios Automotivos: 44%
  • Móveis para escritório: 44%
  • Perfumaria, Cosméticos e Saúde: 40%
  • Brinquedos e Games: 33%

Apesar de indicarem quais segmentos mais chamaram a atenção dos consumidores em 2019, no quesito de vendas online, os dados apontados acima não dizem que apenas negócios nesses segmentos podem ter e-commerces bem-sucedidos. É importante lembrar que, independente de qual o setor em que sua empresa atua, é possível vender online.

Hoje, os empreendedores têm à disposição diversas ferramentas e alternativas para isso; muitas delas sequer dependem de altos investimentos. É o caso dos Marketplaces*, por exemplo.

Também vale lembrar que acompanhar as tendências de mercado é muito importante para se manter em relevância. E, certamente, o comércio online é uma tendência que veio para ficar. Portanto, é interessante que os pequenos negócios busquem fazer parte deste movimento.

.

*Marketplaces são ambientes preparados e estruturados para a venda, grandes plataformas conhecidas em que se pode anunciar um produto em meio a diversos outros, dos mais variados segmentos. Segundo a pesquisa, os marketplaces tiveram uma importância muito grande para o e-commerce em 2019.

compartilhe
Escrito por
Thiago Vargas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form.
$("form.mailster-form.mailster-form-submit.mailster-ajax-form.mailster-form-4 select#mailster-assunto-select-4").change(function(){ var select = $(this).children("option:selected").val(); $('form.mailster-form.mailster-form-submit.mailster-ajax-form.mailster-form-4').attr('name', select); });