E-commerce: você sabe o que é o comércio eletrônico?

5 de maio de 2020 às 14:20

É praticamente impossível pensar em comércio hoje em dia sem, quase que imediatamente, lembrar do comércio eletrônico. O e-commerce, como é chamada essa modalidade de venda, é um dos principais meios que os empresários possuem para aumentar seu faturamento — e não são apenas os varejistas.

Segundo a pesquisa Webshoppers, realizado pelo Ebit, o Brasil é o país com o maior faturamento em e-commerce da América Latina. Mas, o que é isso e como o comércio eletrônico pode ajudar a sua empresa?

O que é e-commerce?

Na definição mais básica, e-commerce é o comércio realizado via dispositivos ou plataformas eletrônicas. No entanto, para entendê-lo de verdade, é necessário antes compreender as necessidades do público consumidor, pois o comércio eletrônico surgiu justamente para atendê-las. 

Ao longo do tempo, as pessoas foram buscando novas formas de consumo, sempre prezando pela segurança e praticidade. Naturalmente, soluções tecnológicas surgiram para suprir essa demanda e deu-se, então, início ao e-commerce como conhecemos hoje.

Como funciona o e-commerce?

O comércio eletrônico pode acontecer por meio de diversos canais de venda. O mais conhecido é a loja virtual, onde os produtos e serviços são expostos em uma espécie de “vitrine virtual” na qual os clientes podem escolher quais querem adquirir.

Outros canais também são amplamente utilizados. As redes sociais, por exemplo, movimentam cerca de 19% das vendas feitas online. Mas também é possível operar vendas em e-commerces via e-mails marketing, blogs ou mesmo via centrais de telefonia.

Quem pode usar o e-commerce?

O senso comum costuma acreditar que apenas a área do varejo pode vender pelo comércio eletrônico. A realidade, no entanto, não poderia ser mais diferente. Praticamente todos os os setores do mercado podem investir nessa modalidade de vendas.

Quem trabalha com prestação de serviços, por exemplo, pode organizar o seu site para que a contratação seja feita por lá — ou ao menos uma parte dela. Encomendas de produtos para serem retirados no estabelecimento também estão sendo cada vez mais frequentes entre as pequenas empresas. 

O que é preciso para investir em e-commerce?

Independentemente da atuação do negócio, é possível sim investir no e-commerce. Com uma boa pesquisa e investimentos corretos, a entrada para o comércio eletrônico pode ser feita de forma tranquila e, principalmente, com muito sucesso. Além de tudo, é também uma possibilidade de aproximar a empresa das gerações mais novas.

.

Quer saber mais como aplicar diferentes tecnologias para inovar e destacar o seu negócio? Baixe nosso e-book!

compartilhe
Escrito por
Thiago Vargas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form.
$("form.mailster-form.mailster-form-submit.mailster-ajax-form.mailster-form-4 select#mailster-assunto-select-4").change(function(){ var select = $(this).children("option:selected").val(); $('form.mailster-form.mailster-form-submit.mailster-ajax-form.mailster-form-4').attr('name', select); });