Entrevista Dr. Fiscal: Franqueado Renato Brito

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Renato Brito, de São Paulo, é um dos mais novos franqueados da Dr. Fiscal. Formado em Ciências Contábeis, ele atua na área há dez anos, ajudando pequenas e médias empresas a escolherem o melhor tipo de enquadramento tributário. 

Questionado sobre como conheceu a Dr. Fiscal, ele conta ter sido através de seu sócio, Luciano Bolonha — membro do Tax Group, outra empresa do Grupo Fiscal do Brasil. “Ele [Luciano] me falou do projeto que estava querendo montar e disse estar precisando de alguém que conhecesse um pouco mais da área da contabilidade, e eu me interessei pelo negócio” — fala. “Não conhecia, até então, a Dr. Fiscal, e aí depois que ele me falou a respeito, eu comecei a pesquisar, a me inteirar um pouco mais” — complementa.  

Como profissional da contabilidade, ele diz acreditar ser uma ótima oportunidade de ajudar as empresas de sua região a lidarem com questões tributárias. Aspecto que, para ele, foi bastante importante na decisão de se juntar ao time da Dr. Fiscal: “Eu gostei [da Dr. Fiscal] por causa do tipo de negócio; por ele ser voltado para um nicho de negócio. Vejo que foi uma oportunidade ótima, uma decisão bem tomada —  com relação a esse tipo de produto que a Dr. Fiscal está proporcionando — e fazer parte disso é um prazer muito grande” — afirma ele. 

Ao comentar sobre os diferenciais da marca, ele aponta o suporte prestado como fator essencial para destacar e garantir a solidez do trabalho da Dr. Fiscal: “O suporte que estão dando para nós — além dos serviços que a Dr. Fiscal está disponibilizando, é claro — e o contato interpessoal têm deixado a gente mais tranquilo. Até mais por saber que, quando a gente fechar o negócio, a gente vai ter um feedback bom, em relação a como estamos trabalhando no mercado. Isso me deu mais tranquilidade e mais certeza para poder oferecer o produto e também poder ajudar as empresas” — explica.

Sobre as expectativas em relação a este novo desafio, ele se demonstra bastante entusiasmado e otimista. “Minhas expectativas são as melhores possíveis, porque [quando] você tem uma oportunidade de fazer a diferença para essas empresas de pequeno porte, do simples nacional, e oferecer algo que elas nunca conheceram — ou a possibilidade de apresentar para o empresário, comerciante, quem quer que seja — é muito bom. Então isso me dá uma expectativa muito boa em relação ao negócio.